domingo, 17 de agosto de 2008

.E o efeito de purpuras contra a luz do sol

. O dia realmente não havia acabado ou será que ainda estava começando? De qualquer forma, um sorriso estranho formou-se na madrugada, quando os sons lá fora misturava-se com as sensações e com o barulho baixinho do seu sorriso, não esquecendo jamais da festa das borboletas em seu estomago, borboletas bohemias. Um sorriso misturado com saudade, uma saudade diferente ou seria a vontade de estar junto? Era tão estranho quanto as risadas excentricas das ruas, o barulho dos carros ou de uma musica que havia escutado e não saia de sua cabeça "E o efeito de purpuras contra a luz do sol..." Dormiu com um sorriso no lábios e uma bagunça colorida em seu ser. Boa noite Querry!

Um comentário:

Rodrigo /broken_chains disse...

adoro esses seus textos abstratos *-* fico feliz pela noite boa q ela teve, afinal, as vezes é preciso mesmo uma saída de rotina dessas, uma distração q talvez pareça futil, porém faz um bem fora do esperado. q ela durma sempre bem assim! bjoS