segunda-feira, 31 de maio de 2010

. Nina



Nina, de nome pequeno e coração diferente.
Nina não precisava de muito.
Ela só precisa de uma abraço de moleton num dia frio,
De um mensagem pra começar o dia sorrindo
Ah, como ela gostava do por do sol de inverno, naquele tom meio alaranjado
Como ela gostava de andar pela rua com mãos no bolso no casaco e reparar em como as pessoas ficavam diferentes no frio.
Sonhadora de janela de metro
Sensivel, ao ponto de poder sentir as gotas da chuva mesmo estando dentro de seu quarto.
Moleca, de sair dançando de meia pela a casa
Atrapalhada, com roxos espalhados.
Ela não tinha presa, não tinha hora
Tinha graça, tinha sonhos, tinha vontades...
Tinha risadas, tinha sorrisos...
Tinha...
Mas faltava.

4 comentários:

Filipe Morósofo disse...

Ela um dia encontrou o que faltava?

Bia Carvalho disse...

Nina, encantadora e bonita.

eu adoro o que escreves, adoro mesmo.

Paz

Junera disse...

lindo textoo =D vo passar sempre! bju suuuussu

Mariana Rodrigues disse...

Nina.. muito parecida comigo! rs