quarta-feira, 17 de agosto de 2011

. Ao Acaso


Sr. Acaso, venho por meio deste deixar explicito o meu descontentamento quanto ao seu serviço. Há alguns anos atrás você me apareceu, assim, como quem não quer nada, fez um rebuliço danado por aqui e até hoje não arrumou toda a bagunça que deixou. Não leve para o pessoal, mas veja bem se consegue me entender: Eu não contratei seus serviços, nunca o quis, aí de repente (há) o Senhor me aparece, pensando que poderia fazer as coisas mudar, é realmente mudaram, mas te garanto que não foi para melhor, talvez a sua intenção tenha sido das melhores, mas sinto lhe informar que de boas intenções esse mundo ta cheio.
Além dessa reclamação de prestação de um serviço não solicitado, preciso informar sobre o mal de saúde de um dos seus funcionários, o tal do...como é mesmo o nome dele? Ah, sim, o tal do cupido. Ele só pode ter estrabismo, Miopia ou mal de Parkinson, fica atirando pra todo o lado e não acerta uma! Procurando no Google sobre esse sujeito, encontrei várias reclamações falando sobre o trabalho mal feito do mesmo, muitas até reclamando que haviam sido machucadas gravemente e até hoje não conseguiram curar a ferida. Resolvi procurar mais a fundo e encontrei vários processos até mesmo no PROCON.
Sr. Acaso, sei que deve ser muito difícil lidar com vários funcionários, mas peço revise o atendimento prestado ao cliente, pois muitos andam realmente sofrendo. Para real constatação é só você dá uma olhada no feed de noticias do seu facebook na quantidade de pessoas reclamando sobre o Senhor, o Cúpido, Tempo e a Sra. Distância, esses dois últimos tenho muito o que reclamar também, mas deixo para a próxima carta.
Aguardo a visita da Senhora Serendipidade.


Atenciosamente,


Nana da Casa de Nana





Serendipidade é um neologismo que se refere às descobertas afortunadas feitas, aparentemente, por acaso.
Acaso é algo que surge ou acontece a esmo, sem motivo ou explicação aparente.

3 comentários:

Sr. Kadú disse...

"A gente só queria o Amor
Deus parece as vezes se esquecer".

Leo Branco disse...

Olá Nana,

Sou repórter da revista Sou mais Eu! da Editora Abril. Estou fazendo uma reportagem sobre cursos técnicos em turismo. Procuro mulheres que tenham feito o técnico de graça e estejam atuando na área. Vi um comentário seu no Orkut e queria falar contigo, se possível ainda nesta quinta-feira (18/8). Caso tenha interesse, me retorne o e-mail com seus telefones. Desde já obrigado pela atenção. Abraços

Carol Machado disse...

Adorei esse texto se o acaso lhe responder diz para ele ler meus pensamentos tbm. kkk
bjs

http://taotao-distante.blogspot.com/